segunda-feira, 18 de outubro de 2010

SHANTALA massagem para bebê


A leitora Carmen... pediu informações sobre chantala (massagem para bebes) devido ao fato de ter um bebe com síndrome de down. Depois de responder resolvi fazer uma postagem sobre a mesma e a importância dos estímulos, principalmente o “toque”, começando na 1ª infância. Devido a ser interessante para todos. Por isso nessa não teremos o tópico sobre dicas de saúde.


Pouco se conhece a respeito dessa síndrome no que se refere aos princípios desencadeadores da mesma, seja do ponto de vista científico, seja do espiritual.
Ao nascer, uma criança com Síndrome de Down, além do acompanhamento pediátrico é importante que se lhe ofereça orientação de outros eventuais especialistas. Além disso, a criança deve ser submetida a um tratamento através de estímulos que minimizarão os efeitos das alterações neuro-motoras e fonoarticulatórias. É importante não se perder de vista a família e as dificuldades que enfrenta desde o nascimento de seu filho com Síndrome de Down. Sabe-se que as crianças que estão desde o nascimento se submetendo a esses tratamentos têm melhoras em seu desempenho.
Os psicólogos do desenvolvimento concordam que os bebes aprendem naturalmente e extrairão de um ambiente afetuoso e amigo todas as informações necessárias. A segurança básica ocasionada por um vínculo forte entre pais e filho possibilita ao bebe entrar no mundo e desenvolver sua plena capacidade física, mental e espiritual, para isso a massagem infantil proporciona uma riqueza de experiências sensórias fascinantes, também  acelera a mielinização dos nervos dele e não existe música mais doce do que o som de uma mãe cantando, nunca haverá um brinquedo capas de substituir um pai real e vivo contando uma história. Nenhum dispositivo de estimulação pode se comparar a ser posto no colo e ninado. O toque é um elemento muito poderoso de criação de vínculos entre os humanos; pessoas apaixonadas, crianças que formam amizades, até quem acaba de adquirir um bichinho de estimação, passarão bastante tempo em contato estreito até que o vínculo esteja assegurado. Outro elemento importante na formação de vínculo é a vocalização... O bebe ouve a voz da mãe, seu corpo se movimenta no ritmo dos padrões de sua fala, e o tom de voz usado quando fala com ele é particularmente doce aos seus ouvidos. A massagem infantil (shantala)  ajuda a ampliar o vinculo iniciado no nascimento. Um bebe aprende o conforto e a segurança de amar e ser amado. Ele adquire conhecimentos sobre seu próprio corpo à medida que a mãe lhe vai mostrando como relaxar um braço ou costas tensas, ou o ajuda a aliviar gases dolorosos. A mãe ou o pai olha nos olhos dele, canta e fala com suavidade, enquanto massageia gentilmente a pele do bebê. Assim, a cada dia “a dança” do vínculo começa de novo.

video
Agradecimentos a editora Ground por liberar esse vídeo para todos.

O Frances Fréderick Leboier, médico obstetra, quando foi à Índia, viu uma MULHER massageando seu filho, pediu para aprender a CNICA e a trouxe para o ocidente chamando-a de SHANTALA em homenagem a MULHER, que tinha esse nome.

Mais informações em:


Etiologias e caracterizações da Síndrome de Down (SD)

Sobre Shantala




Para informações sobre terapias complementares (alternativas):entrar em contato
Quero agradecer aos leitores pela confiança, em especial a Yuri Ataide e Cleunice pelo apoio.